segunda-feira, 19 de março de 2012

Droga.


Esta sou eu, aqui.
Desmanchando minha beleza em lágrimas
Engolindo minhas mágoas,
Salgadas.

Você aí, desligado.
Suspirando sossegado
A brisa morna do verão,
Malandrão.

Curtindo a sua vida torta.
Eu aqui que nem flor morta,
Murchando, sem cor,
Sem amor.

Mas meu choro é quieto,
Parece até que está tudo certo.
É, eu finjo muito bem...
Tristeza todo mundo tem.

Eu derramei meu coração
Em cada nota da canção.
E quero te ouvir chorar
Cada vez que você a escutar.

E se eu pareço uma vitrola quebrada
Falando toda hora em ser amada,
É porque eu sinto falta.
E a tua ausência,
Me mata.


Acho que o texto em si, dispensa explicações. Não é nada pessoal, surgiu naturalmente durante uma conversa com a minha amiga Sarah, onde eu dizia que o meu rímel não era à prova d'água e que toda vez que eu chorava, desmanchava minha beleza em lágrimas. A arte é assim, aparece em cada canto, em cada som, em cada frase. Às vezes barulhenta e às vezes silenciosa, simplesmente acontece. A todos vocês, o meu muito obrigada. Miau!


18 comentários:

  1. Por um minuto me pareceu apaixonada.. mas já que diz que a razão é uma máscara de cílios, então tá!!! =]
    Mt lindo ♥~~
    A Bonequinha lá em cima é feia que dói. huaiahauahiahauj
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi boneca!
      Quem me dera, Nany, quem me dera...
      Obrigada ♥
      ahiuahahuhaihauhiahia
      Coitadinha da boneca (e de mim, foi um custo achar uma imagem pra esse texto) u_u

      Beijocas, Nany. Obrigada pelas suas visitas aqui no Ninho. ;)

      Ismália .

      Excluir
  2. Ao contrário da sua parceira, adorei a imagem da boneca. Acho interessante estas bonecas de cara de porcelana tristes, parecem saídas de filmes de terror.
    Desmanchar a beleza em lágrimas ficou bem poético e, ao que vejo, você tomou a atitude certa, atualmente blogueiros precisam colocar V de verdadeiro ou F de falso no final de seus posts.
    Um detalhe importante: por vezes nem assim funciona.
    Lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Christian!
      Eu também gosto dessas bonecas, elas dão um clima meio assustador porque parecem bem reais. Prefiro as que estão com a expressão triste, são mais bonitas. :)
      Eu não gosto de me explicar, mas tem vezes que não há outra saída porque as pessoas só "olham" o texto e não tentam compreender o que há nele além das palavras.
      Pois é, tem vezes que nem assim... :(

      Obrigada pelo comentário, Chris! É bom te ver por aqui. ;)

      Beijocas,

      Ismália .

      Excluir
  3. Ahhh eu ameeeeeiii a bonequinha! Ameiiii...

    Caramba, a poesia ficou maravilhosamente melancólica, Ismália(já falei que adoro seu nome?)... quando digo maravilhosamente, foi pq vc conseguiu expressar de forma bela, mesmo que triste, tudo o que alguém pode sentir num momento como esse.

    bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joicy!
      Lindinha, né? *-*
      Nossa, muito obrigada! Eu já tentei mudar, mas a maioria dos meus textos soam meio tristes.
      Awwwwn, obrigada Joicy, você é um doce. *-*

      Beijocas!

      Ismália .

      Excluir
  4. Ixi ficaram todos contra mim, então tá a boneca é bonita lol mentira continua feia rárárá...
    Tenho imagens de algumas bonecas super reais que são muuuito mais bonitas, essa aí é assustadora.. hehe
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que criatura teimosa, minha gente! A intenção era a boneca ser assustadora mesmo, triste, deprimente. Sacou?
      ;)

      Te amo, cabeçudinha.

      Excluir
  5. Eu simplesmente amei Ismália!!!
    Que lindo*
    Falou poucoe bonito!!!
    De verdade, a arte, as palavras... tudo isso está aonde menos esperamos.
    Um Beijo*

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana!
      A arte está em todos os lugares, só que nem sempre nós conseguimos enxergá-la.

      Muito obrigada!

      Beijocas,

      Ismália .

      Excluir
  6. E essa droga vicia. E como vicia, Lalinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara!
      Pelo que me descrevem... :)

      Beijocas!

      Ismália .

      Excluir
  7. Oi Lalinha minha amiga!
    Tudo de bom essa poesia, versos delicados e reais;
    Obs: Se você não falasse que era a respeito do rímel, eu iria enxergar de uma forma mais sentimental e pessoal.Por que já me senti assim e ás vezes aindo me sinto como essa bonequinha aí...beijos Amiga em seu coração:*
    Fica com Deus*-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Obrigada, amiga.
      Quando eu li o texto antes de publicar, notei que realmente poderia soar muito pessoal, por isso optei por colocar uma breve explicação. Eu escrevo ficção, por mais que eu queira dizer algo meu (o que não é o caso desse texto) não fica explícito.
      A minha intenção aqui no Ninho de Gato sempre foi saber se as pessoas conseguiam se identificar com o que eu escrevia, fico feliz que alguém se identifique.

      Obrigada mesmo, Aline. <3

      Esteja com Deus.

      Ismália .

      Excluir
  8. Olá, retribuindo o carinho.
    Gostei muito do seu cantinho e esse texto é lindo. É bom demais quando as palavras fluem e tocam almas e sentimentos. Prometo voltar com mais calma.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ahtange!
      Obrigada *-*
      Volte sempre que quiser, te recebo de braços abertos. ;)

      Beijocas!

      Ismália .

      Excluir
  9. Esse tal de Rímel tá F***do na minha mão. Ficar te fazendo chorar desse jeito não é coisa de homem não, sobre o texto, o mesmo só demonstra que de Defunta, você só tem o user do twitter. Parabéns por ele!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ismael!
      HUIAHILBLDJVÇDBSBDUÇZVBGODIROPIRPW8R99W0IGOWGPR899437T24RUEGISNGFODBUBGEISGUHTES98 Sério, eu amei seu comentário!
      Awwwwwn, obrigada, coisa fofa! *-------*

      Beijocas!

      Ismália .

      Excluir

Olá filhotinhos! Esse ninho não é só meu, são vocês é que fazem dele um lugar agradável e divertido. Podem miar à vontade! Ah, comentou aqui, respondo aqui! Beijões! Miauuuuu!